quinta-feira, 15 de abril de 2010

Um sentimento que era meu e agora morreu


É um cheiro que eu sentia

Um cheiro que era meu

O cheiro que era teu

E que um dia me pertenceu

Um sabor

O sabor dos teus lábios

O sabor que eu sentia

O sabor de uma boca que afinal mentia

Um sorriso que brilhava

O sorriso que eu via

O sorrio que me encantava

Um coração que batia por mim

Um coração com um sentimento meu

Um eterno sentimento que agora morreu.

3 comentários:

  1. Pra quem tem apenas 15 anos, escreveste algo muito bonito, sem dúvida.

    Gostei.
    Continua...

    ResponderEliminar